Interpol intercepta US$83mi combatendo cibercrime financeiro

Interpol intercepta US$83mi combatendo cibercrime financeiro

A Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) interceptou cerca de oitenta e três milhões de dólares pertencentes a vítimas de crime cibernético financeiro, impedindo que a quantia roubada fosse transferida para as contas bancárias dos atacantes.

Mais de 40 criminalistas especializados no combate ao cibercrime na região pacífica da Ásia colaboraram com a operação coordenada pela Interpol, que recebeu o nome de HAECHI-I, e que durou mais de seis meses.

Entre Setembro de 2020 e Março de 2021, os investigadores focaram em combater cinco tipos de crime financeiro: fraude de investimento, golpes de relacionamento amoroso, lavagem de dinheiro associada a jogos de azar online, sextorção e ataques vishing

A transferência das quantias roubadas para as contas dos golpistas foi bloqueada após várias operações conjuntas e meses de coleta de informações sobre as operações dos cibercriminosos.

Durante toda a operação, os agentes abriram mais de 1.400 investigações visando o crime cibernético em países da região pacífica da Ásia (Camboja, China, Indonésia, Coreia, Laos, Filipinas, Singapura, Tailândia e Vietnã).

585 prisões foram efetuadas em todo o mundo, e mais de 1.600 contas bancárias pertencentes aos disseminadores de cibercrimes financeiros foram congeladas. 

“Fraudadores online frequentemente buscam explorar a natureza globalizada da internet ao investir em alvos de outros países ou transferir seus fundos ilícitos para contas no exterior”, disse Ilana de Wild, Diretora de Crime Organizado e Emergente da Interpol.

“Os resultados da HAECHI-I demonstraram que o cibercrime financeiro é fundamentalmente global, e que apenas por meio de uma estreita cooperação internacional podemos combater eficazmente esses criminosos”.

No último ano, a Interpol também aconselhou as vítimas de golpes financeiros online a agirem imediatamente para interceptar as quantias roubadas antes que o dinheiro chegasse às contas bancárias dos golpistas. 

Em Janeiro de 2021, a Interpol alertou todos os 194 estados membros a respeito de golpistas que visam usuários de aplicativos de relacionamento ao tentar induzi-los a investir por meio de apps falsos. 

 

Tradução por: Daniel Henrique

Link original

Missão: Firewall como negócio

Seja um Parceiro Starti